Balança comercial registra aumento de 16% nas exportações

A balança comercial de Três Lagoas registrou novo crescimento nas exportações em abril. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), no mês passado o município destinou para outros países o total de US$ 90,5 milhões em insumos industriais. O montante corresponde a um aumento de 16,3% em comparação ao mês anterior, maior variação registrada neste ano. Em março, a indústria havia exportado US$ 77,8 milhões em produtos.

Além disso, a balança também aponta aumento significativo em comparação ao mesmo período do ano passado. Em abril de 2012, o município havia exportado US$ 65,9 milhões, 50% a menos.

O valor corresponde a um total de 176,8 mil toneladas exportadas em abril deste ano, contra 109 mil toneladas no mesmo período do ano passado.

No acumulado do ano, o crescimento no setor foi de 44,5%. Enquanto que em 2012, a cidade fechava o quadrimestre com o total de US$ 217,6 milhões em exportações. Neste ano, já são US$ 313,4 milhões em exportações até o mês passado.
Tal aumento deve-se, principalmente, à inauguração da fábrica de celulose Eldorado Brasil, que deu início à produção em dezembro do ano passado.

A balança comercial mostrou ainda que as exportações três-lagoenses são compostas, literalmente, dos insumos industriais. Ao todo, foram US$ 312,2 milhões em insumos, o que corresponde a 99,63% do total das exportações. Bens de capital e intermediários, como alimentos e bebidas destinadas à indústria, ocupam espaço bastante reduzido. A primeira, 0,21%, com US$ 657,5 mil, enquanto a segunda, 0,005, com US$ 157,7 mil.

E se 99,6% das exportações são insumos, 90% é apenas de celulose – até fevereiro a participação do insumo na balança comercial local era de 86%. Carro-chefe da balança comercial três-lagoense, gerou US$ 282,1 milhões em exportações, tornando-se o principal produto de exportação de todo o Mato Grosso do Sul.

 O papel aparece em segundo lugar, com US$ 16,1 milhões em exportações de janeiro a abril (5,16% de participação na balança), seguido da farinha do óleo de soja, com US$ 12,8 milhões exportados (4,06% da balança).

PAÍSES
A balança comercial também mostrou mudança nos principais importadores da produção de Três Lagoas. A China permanece na liderança, com participação de nada menos que 39,89% (US$ 125 milhões em importações). No entanto, em abril, a Holanda superou a Itália, até então segunda maior importadora, com a importação de US$ 57,5 milhões (participação de 18,37%). O mercado italiano aparece em terceiro com US$ 42,8 milhões (13,66%), seguida da Coreia do Sul, com US$ 20,3 milhões (6,48%) e pelos Estados Unidos, que assumiu a quinta posição – até então ocupada pelo Reino Unido, com US$ 11,4 milhões (3,66%).
IMPORTAÇÕES
A balança comercial também aponta que, pela primeira vez neste ano, o saldo entre exportações e importações fechou positivo. No mês passado, a indústria de Três Lagoas importou US$ 72,4 milhões, o equivalente a um saldo positivo de US$ 18,1%. Até então, o município vinha apresentando apenas saldos negativos que chegaram a até 83,4%, como o registrado em janeiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s