Companhias enfrentam falta de porta-contêineres pequenos e médios

As companhias marítimas têm enfrentado falta de porta-contêineres de pequeno e médio porte e a previsão é que a situação permaneça pelos próximos anos, o que deve influenciar o desenvolvimento dos trades em algumas partes do mundo, a menos que as encomendas de navios do tipo sejam retomadas.

Poucos navios de 3.000 Teus (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) ou de tamanho menor foram construídos desde 2009. No plano dos navios médios, de até 7.999 Teu de capacidade, o cenário não é muito diferente. De acordo com a Clarksons, a diminuição da capacidade está cada vez mais iminente, devido à redução de construção das embarcações.

“Como o crescimento da indústria nos próximos anos deve se dar especialmente nas rotas adjacentes, a falta de encomendas de tamanhos pequeno e médio pode criar, eventualmente, um déficit de oferta desse tipo de tonelagem”, afirma a Clarksons.

Fonte: Guia Marítimo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s