Divisão de contêineres afeta resultado da Maersk

O principal executivo da companhia dinamarquesa AP Moller-Maersk prometeu se concentrar em elevar a lucratividade do setor de transporte marítimo por contêiner. A declaração foi feita após dos maciços prejuízos registrados pela divisão de contêineres da empresa.

O prejuízo operacional líquido de US$ 599 milhões, depois dos impostos, contabilizado pela Maersk Line, operadora da maior frota mundial de navios porta-contêiner, comparativamente ao lucro de US$ 424 milhões alcançado, sob as mesmas condições, no primeiro trimestre do ano passado, se abateu sobre uma receita 7% maior, de US$ 6,31 bilhões.

O grupo informou que o lucro líquido aumentou 1% na comparação com o primeiro trimestre de 2011, para US$ 1,18 bilhão, sobre uma receita 1% menor, que somou US$ 14,3 bilhões.

No entanto, sem a contribuição de dois ganhos extraordinários – US$ 900 milhões de um acordo decorrente de litígio fiscal na Argélia e US$ 324 milhões em ganhos com alienações -, as perdas registradas pela Maersk Line teriam anulado todo o lucro líquido do trimestre. As ações B da Maersk caíram 6,15% em Copenhague, para 37.840 coroas dinamarquesas.

A Maersk tem sido responsabilizada, em amplos círculos, por agravar a crise do setor no ano passado, ao lançar uma capacidade adicional significativa na frota mais importante, entre Ásia e Europa, e ao deprimir as tarifas cobradas por contêiner.

Ao mesmo tempo, Nils Andersen, seu principal executivo, disse que a empresa alcançou uma participação de mercado de cerca de 16%, o nível que havia fixado como meta.

Fonte:Valor Econômico/Por Robert Wright | Financial Times, de Londres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s