Saldo comercial de Mato Grosso avança 39% no bimestre

Autor: A Gazeta

Saldo da balança comercial mato-grossense no 1º bimestre deste ano foi 39,49% maior que o registrado no mesmo período do ano passado. Superávit alcançou US$ 1,114 bilhão, ante os US$ 799,250 milhões de 2011, segundo dados da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme) obtidos junto ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) e divulgados nesta quinta-feira (15).

Em fevereiro, o saldo da comercialização com o mercado internacional chegou a US$ 592,5 milhões, superando em 42,09% o obtido no mesmo mês do ano passado (US$ 417 milhões) e em 13,44% o saldo de janeiro (US$ 522,3 milhões). Com esse desempenho, a balança comercial do Estado respondeu por 34,55% do superávit brasileiro em fevereiro, de US$ 1,714 bilhão. Na análise dos 2 primeiros meses de 2012, o saldo acumulado pelo Estado superou em 264,96% o valor registrado pelo país no mesmo período, quando o superávit alcançou US$ 420,757 milhões, prejudicado pelo déficit de janeiro, quando chegou a US$ 1,294 bilhão.

Com o embarque de 2,636 milhões de toneladas em produtos ao mercado externo, o Estado movimentou US$ 1,323 bilhão no 1º bimestre, volume 35% maior que no mesmo intervalo do ano passado, quando as exportações mato-grossenses geraram US$ 979,896 milhões. Em fevereiro, as vendas de 1,327 milhão (t) dos produtos regionais renderam US$ 681,693 milhões, 37,51% a mais que em igual mês de 2011 (US$ 495,708 milhões) e 6,17% superior a janeiro (US$ 642,020 milhões) deste ano.

Principal destino das exportações mato-grossenses foi a China (US$ 253,175 milhões), seguido da Holanda e Países Baixos (US$ 149,295 milhões), Espanha (US$ 99,268 milhões), Venezuela (US$ 70,049 milhões), Tailândia (US$ 67,482 milhões), Arábia Saudita (US$ 48,131 milhões), Hong Kong (US$ 45,557 milhões), Argélia (US$ 44,386 milhões), França (US$ 43,885 milhões) e Noruega (US$ 37,792 milhões).

Importações de 418,621 mil (t) de produtos realizadas por Mato Grosso movimentaram US$ 208,835 milhões em janeiro e fevereiro deste ano, o que significou aumento de 15,60% em relação ao mesmo período de 2011, quando não ultrapassou o montante de US$ 180,645 milhões. No segundo mês do ano foram adquiridos do mercado internacional, especialmente da Rússia, 174,071 mil (t) de produtos, gerando US$ 89,132 milhões, 13,27% a mais que em fevereiro de 2011 (US$ 78,684 milhões) e 25,53% a menos que em janeiro (US$ 119,702 milhões) de 2012.

Entrega dos produtos agrícolas comercializados ainda no final do passado, mas concentrada no início do ano explica o saldo positivo da balança comercial mato-grossense, segundo análise do secretário-adjunto da Sicme, Valério Francisco Peres de Gouveia. “Além disso, as commodities agrícolas estão com um bom preço”. Para o economista Pedro Razente, apesar da recente valorização do dólar, as exportações mato-grossenses tendem a se manter ascendentes, principalmente em função do aumento da produção estadual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s