Saldo comercial de cooperativas de Mato Grosso cresce 184% em janeiro

Cooperativas mato-grossenses registraram saldo de US$ 19,352 milhões na balança comercial em janeiro
FONTE: A Gazeta

 

No primeiro mês deste ano, os produtos exportados pelas cooperativas movimentaram US$ 22,269 milhões, 224,82% a mais que em janeiro de 2011, quando o resultado das exportações correspondeu a US$ 6,856 milhões, conforme dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Apesar da queda de 34,23% na quantidade de produtos embarcados, a elevação dos preços garantiu o saldo positivo de US$ 15,413 milhões logo no início de 2012. Para o mercado externo foram enviadas 16,196 mil toneladas de produtos este ano, contra 24,626 mil em janeiro de 2011.

 

Em comparação com o ano passado, o preço médio dos produtos valorizou 393,88%, variando de US$ 0,28 (kg) para US$ 1,37 (kg). Números indicam que existem mercados disponíveis para aumentar as exportações das cooperativas mato-grossenses, na avaliação do economista Amado de Oliveira Filho.

As importações acompanharam o movimento ascendente no mês passado, subindo 6.628% em comparação com igual período de 2011, ao movimentar US$ 2,916 milhões, ante os US$ 43,350 mil do ano passado.

 

Foram adquiridos do mercado externo 6 mil toneladas de produtos, contra 150 toneladas em 2011, um aumento de 3.900%. Importados são, na maioria, insumos para atividade agrícola, principalmente fertilizantes, lembra o conselheiro da Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Mato Grosso (OCB), João Luiz Pessa.

Crescimento nas importações, explica Pessa, está relacionado ao aumento da produção agrícola. Observa que as cooperativas mato-grossenses se diferenciam daquelas localizadas em outras regiões do país, se caracterizando como cooperativas de serviços, apoiadas pela infraestrutura mantida pelos próprios produtores. “Aqui os produtores se reúnem para vender e comprar os produtos a preços melhores”.

Representante da Cooperativa de Cotonicultores de Campo Verde (Cooperfibra), Carlos Alberto Menegatti, informa que as exportações pela cooperativa no mês passado suplantaram as de janeiro de 2011. “Além de algodão, exportamos milho e soja a granel”. Previsão é que a alta seja mantida no fechamento deste ano.

Aos poucos, até mesmo os produtos oriundos da agricultura familiar começam a ter acesso ao mercado internacional, por meio do cooperativismo, conforme atesta o presidente da Cooperativa de Agricultores Ecológicos do Portal da Amazônia (Cooperagrepa), Domingos Jari Vargas. “Exportamos melado de cana e açúcar orgânico, além de guaraná em pó, para a França e Áustria”.

Ainda neste ano, com a instalação de uma processadora de café e guaraná na cooperativa localizada no município de Terra Nova do Norte, as negociações com o mercado externo devem se fortalecer, adianta Vargas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s